Calculadora Salarial

Está a ganhar o que merece?

 

Compare o seu salário com o de mihares de profissionais qualificados em Portugal

Blogues

AUTOMAÇÃO E INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Qual o impacto?

Automação e inteligência artificial terão um papel decisivo no advento da Indústria 4.0. As mudanças, apesar de necessárias, trarão muitos desafios e também inúmeras vantagens. A chave para o sucesso estará na preparação – empresas e profissionais que não estejam, ainda, a avaliar o impacto desta realidade não conseguirão competir num mercado cada vez mais inovador.

 

O sistema de ensino terá de se adaptar

A nível educativo, será extremamente importante a adaptação do sistema de ensino às novas necessidades tecnológicas e o desenvolvimento de novas estratégias de formação por parte dos empregadores, em consonância com as perspetivas de inovação a médio e longo prazo. Uma comunicação mais eficiente entre empresas e instituições de ensino, também com apoio governamental, será de grande importância para um planeamento integrado, que garanta mão-de-obra altamente qualificada disponível para entregar os projetos em prazos e custos coerentes. Será também um desafio aos quadros de liderança das empresas a implementação de toda uma mudança cultural e de mentalidade a nível dos recursos humanos, que advém das implementações destas grandes reestruturações.

Uma nova era de eficiência para os negócios

Num contexto de negócios, há claramente muito potencial para um aumento de produtividade e eficiência e, consequentemente, margens e preços mais interessantes. Porém, grandes resultados dependem de grandes investimentos (e riscos). Em primeira instância, será necessário um sistema financeiro saudável para viabilizarmos o desenvolvimento digital. Em segunda instância, estaremos a lidar com inovações tecnológicas nunca antes vistas, que acabarão por ser premissas técnicas e financeiras de planos de negócios ambiciosos e, a um certo nível, incertos. Estas “não linearidades” trarão certamente grandes desafios e volatilidade às estratégias de mercado. Quem fizer uma boa análise de riscos estará um passo à frente.

Identificar riscos e definir normas

Num nível mais institucional, haverá novos paradigmas com os quais o mercado não estará preparado para lidar. Neste sentido, teremos que assistir a uma colaboração eficiente entre empresas e instituições reguladoras para mapear riscos e garantir a definição de normas eficientes que minimizem os mesmos - sejam estes financeiros, operacionais, legais ou éticos - e uniformizem o tecido empresarial. De entre os temas mais importantes deste contexto, estarão certamente as questões de Segurança de Dados, Informação.

Portugal terá de estar à altura do desafio

Num contexto mais local, há uma tendência clara de deslocalização de Centros de Competência Tecnológicos para Portugal, por diversos fatores internos e externos. Neste sentido, tem-se verificado um aumento abrupto na procura de mão-de-obra altamente especializada, desproporcional ao crescimento orgânico da Economia, o que está a agravar o desequilíbrio entre a oferta e procura de profissionais qualificados. Algo que se tem refletido num aumento da pressão salarial, já que estas grandes multinacionais pode oferecer pacotes salariais não comumente praticados num nível nacional, o que poderá provocar um aumento significativo das médias salariais. Esta circunstância poderá gerar uma espiral de aumento de custos e preços que, a médio prazo, poderá resultar na diminuição da nossa competitividade económica, com consequências que poderão ser drásticas. É importante encontrar um equilíbrio sustentável para que não se dê a criação de mais uma “bolha tecnológica”.

Alta qualificação será uma vantagem competitiva

As funções operacionais consideradas indiferenciadas ou repetitivas serão as mais facilmente automatizadas e, possivelmente, o primeiro “alvo” da economia digital. Ao mesmo tempo haverá uma necessidade crescente de mão-de-obra altamente especializada e qualificada, e possivelmente uma escassez da mesma. Encontrar este equilíbrio será o grande desafio, para o qual devemos começar a preparar-nos de imediato.

A Hays nas redes sociais

A Hays nas redes sociais

    

HaysSearchForm Portlet

Hays custom site search

Pretende recrutar?

Pretende recrutar?

Envie-nos as suas questões ou pedido de informação para:

Envie-nos o seu pedido Outros contactos