Este site utiliza cookies. Se continuar, está a dar-nos o seu consentimento; mas pode alterar as configurações de cookies a qualquer momento neste link.

Return to careers section

ENCONTROU UM NOVO EMPREGO?

DEMITA-SE EM GRANDE ESTILO
 
Actualizado: 04 Mai 2016

Blog_2.jpg

Entregar uma carta de demissão é algo que provavelmente fará várias vezes ao longo do seu percurso profissional. Mas existe um modo correcto de abordar a situação e deixar uma boa impressão ao seu ex-empregador. Afinal, não se esqueça que podem tentar levantar as suas referências junto dos seus antigos empregadores.

Deixamos-lhe algumas dicas que o poderão ajudar a demitir-se em grande estilo.

O que deve fazer

  • Assim que tiver a certeza, informe o seu manager, que lhe agradecerá ser o fizer com a máxima antecedência possível.
  • Mantenha a confidencialidade. O seu manager terá o privilégio de decidir a quem contar, como, e quando;
  • Embora a carta de demissão seja a forma de oficializar a situação, entregue-a apenas após uma conversa cara-a-cara, pois nunca se sabe o que pode acontecer;
  • Saiba justificar as razões da sua demissão - se necessário, ensaie-as;
  • Caso opte por não revelar para onde vai, está no seu direito;
  • Esteja preparado/a para uma reacção negativa, mas lembre-se que se trata simplesmente de uma demissão, e o choque inicial acabará por passar;
  • Se tiver de passar o seu trabalho a um novo colega, garanta ao seu manager que vai cooperar em todo o processo;
  • Lembre-se dos seus motivos e seja firme.
     

A maior parte das pessoas já passou por este momento, incluindo o seu manager. É natural que se sinta culpado/a, mas  não se martirize: apesar de ter sido um membro valioso para a equipa, garantimos-lhe que a empresa conseguirá sobreviver sem si. A carta de demissão é um requisito legal, por isso deve apresentá-la no dia em que se demite. Deve incluir os detalhes da pessoa a quem é dirigida, a notificação de terminação do contrato, o último dia de trabalho efectivo e a sua assinatura. Imprima a carta em vez de a enviar por e-mail. 

Se sair em bons termos, poderá escrever uma nota a agradecer as oportunidades que lhe foram concedidas; mas se as condições de saída foram adversas, é melhor não forçar demasiado a situação - limite-se a cumprir os requisitos legais.
 

Contra-proposta: o momento de dúvida

Caso a empresa lhe apresente uma contra-proposta, não responda imediatamente. Analise-a cuidadosamente e pense:

  • Quais os prós e os contras da sua função actual? E da nova função?
  • Já beneficiou de todas as oportunidades de desenvolvimento que a actual empresa lhe pode oferecer?
  • O que o/a levou a procurar um novo emprego? O que o/a desmotivou? Acha que situação poderá mudar?
     

Não se deixe afectar por frases como ‘Não será o mesmo sem ti’ ou ‘Estava prevista uma promoção para o próximo trimestre’. Acredite: a vida na empresa vai continuar sem si, e mais depressa do que imagina. Seja optimista e não subestime as suas capacidades. Se tem metas e objectivos, não se deixe desmotivar com receios. Passamos uma parte significativa do nosso tempo no escritório, portanto é importante que seja um sítio onde se sinta feliz.
 

Formalize o seu novo projecto

Se já aceitou a nova proposta de emprego, peça que lhe seja enviada por correio ou e-mail, para que possa responder formalmente. É natural que tenha que dar um período de pré-aviso à empresa onde trabalha actualmente. Se o seu novo empregador pretende que inicie funções tão cedo quanto possível, a carta de oferta deve chegar rapidamente.

  • Inclua as formalidades como o nome, endereço profissional, e data;
  • Agradeça ter sido seleccionado;
  • Mencione que se encontra entusiasmado com a oferta;
  • Dê a conhecer a data em que pode iniciar funções (caso ainda não tenha confirmação, refira que voltará a referir o assunto);
  • Termine afirmando que está ansioso por se juntar à equipa.
     

Durante o preríodo de pré-aviso

É natural que queira estabelecer contacto com o novo empregador. Envie-lhe um e-mail ou ligue. É possível que a sua nova chefia o/a convide para se deslocar ao novo escritório, ou para tomar um copo e conhecer os seus novos colegas. Caso seja convidado/a, assegure-se de que comparece.
 

Os primeiros tempos no seu novo emprego

Embora tenha demonstrado as suas qualidades durante a fase de entrevistas, os primeiros dias vão definir a imagem que os outros colaboradores formam de si. No seu primeiro dia, o papel do seu manager é proporcionar um ambiente de boas-vindas e oferecer apoio. Lembre-se que o seu manager também estará empenhado em criar uma boa impressão. 

Discutir-problemas-com-manager.jpg

Por outro lado, nem sempre trabalhamos com pessoas de quem gostamos, e algumas podem não corresponder às suas expectativas. Não entre em pânico. Adaptar-se a uma organização e a novos colegas requer tempo; espere pelo menos duas semanas antes de debater estas preocupações com o seu manager.

Pode acontecer que, no primeiro dia ou durante um certo período de tempo, as coisas não corram bem. Mas seria errado julgar imediatamente a empresa ou os colaboradores sem lhes dar o benefício da dúvida. Afinal, a sua entidade empregadora demorará pelo menos duas semanas a formar uma opinião sobre si, portanto é justo que você faça o mesmo.
 

Solicitar uma reunião

Se passadas duas semanas ainda sentir algum desconforto, tenha uma conversa privada com o seu manager. Não faça nada precipitado, como entregar a carta de demissão. Adicionalmente, pode ser que algum aspecto da sua função não tenha sido convenientemente explicado, ou que tenha sido mal entendido. Quando finalmente discutir as suas preocupações com o seu manager, poderá então formar uma opinião e decidir se quer realmente ficar ou não.

 

Quer mudar o rumo da sua carreira?
Procure aqui as oportunidades disponíveis.

 

|

facebook.jpglinkedin.jpginstagram.jpgtwitter.jpgyoutube.jpg

Sabe como é o dia de um Consultor da Hays?